29 de jan de 2014

3 séries para continuar acompanhando em 2014


Sua watchlist é maior do que a circunferência da Terra? Sinto muito, mas com esse post eu não posso te ajudar com isso. Porém, posso acrescentar - ou dar aquele empurrãozinho para manter - essas séries lindas, amor eterno na sua já interminável watchlist. :)

Último episódio antes do hiatus com um cliffhanger que faz você querer se enforcar? Season finale que deixa qualquer um com uma vontade louca de arrancar os cabelos até não sobram nenhum para contar história? Pois é, quando a série já virou amor eterno, a loucura é muita e os episódios são - ou parecem ser - insuficientes para saciar nossa curiosidade. Então, vamos comigo descobrir as 3 três séries que me deixaram a ponto de morrer com o último episódio exibido.


Reign voltou dia 23 de janeiro.

Não importa se Reign já voltou, vou acrescentá-la aqui porque ainda não falei dessa maravilha televisiva - ou internet-iva (?) para nós brasileiros - por aqui. Reign conta a história da Rainha Mary da Escócia e seu conturbado relacionamento com a família real da França. Com a Inglaterra atrás de seu país, sua única opção é se casar com quem lhe foi prometido há muito tempo: Francis, o próximo real da França. "Mas há forças que conspiram, forças das trevas, forças vindas do coração." 
Mentalizem comigo: figurino incrível-lindo-de-morrer, personagens carismáticos e com muita química, plot amor eterno, uma pitada de sobrenatural - só para deixar as coisas mais interessantes -, uma furada de olho aqui, outra ali... Não existe perfeição maior do que Reign, e depois da volta triunfal - e heartbreaker diga-se de passagem - estou com comichão para os próximos episódios.


Once Upon a Time volta dia 9 de março.
Pode conter spoilers das temporadas anteriores.

Depois do último episódio perfeito, lindo, maravilhoso e choroso; não vejo a hora da volta de Once Upon a Time.
Até parece que os moradores de Storybrooke não tem um pingo de sossego. Sempre que derrotam um vilão, aparece outro, sem nem lhes dar um tempinho para respirar. E dessa vez não foi diferente! Mesmo com a ajuda do Hook, da Regina e do Rumpelstiltskin - que é o personagem mais em cima do murro ever - o Peter Pan continuou a perturbar todos os personagens até mesmo depois de voltarem para casa.
Na tentativa de salvar a ex-população da Enchanted Forest, a família feliz acabou se separando mais uma vez. E como na cena final antes do hiatus temos uma visita inesperada que, tenho certeza, causou mutas paradas cardíacas pro aí, não poderia haver outra reação a não ser completo desespero para a segunda metade da terceira temporada


Da Vinci Demons volta dia 22 de março.

Não vejo muitas pessoas comentando sobre Da Vinci Demons, o que na verdade é bem triste, pois os viciados em séries de plantão não sabem o que estão perdendo. ♥
Contando a história do maior e mais polêmico inventor/pintor/desenhista/escultor da idade antiga, Da Vinci Demons começa bem lá no princípio da carreira de Leonardo como artista, pouco antes de ser contratado pelo Lorenzo Medici para pintar um retrato de uma certa senhora. E ela seria nada mais, nada menos que Lucrezia Donati, mais conhecida como amante do Lorenzo mesmo. O problema? Lucrezia já conhecia Leonardo de outros carnavais - if you know what I mean. ;)
E em meio a isso tudo, Leonardo acaba conhecendo um homem bastante misterioso, O Turco, que lhe conta a história sobre o The Book of Leaves - O Livro das Folhas - e o The Vault of Heaven - O Cofre dos Céus. A partir desse momento, Da Vinci fica meio obcecado em descobrir a localização do tão Cofre, e ele que já não era lá uma pessoa das muito normais, acaba ficando ainda pior. E vão por mim, as loucuras do Da Vinci são as melhores. ♥
De qualquer forma, no último episódio, Leonardo finalmente parte para sua missão em busca do The Vault of Heaven, ou seja, todos nós fãs temos surtos psicóticos, puxamos todo o nosso cabelo, temos uma vontade incontrolável de morder algo até março, quando Da Vinci Demons volta, para a alegria geral da nação. 

E você? Quais dessas séries você assiste/quer assistir? Ou qual você não aguenta mais esperar, mas está em hiatus? 

28 de jan de 2014

Lançamentos de fevereiro - Editora Arqueiro

Hey!

Fevereiro está quase chegando - e com ele meu primeiro dia de aula #medo - então está na hora de divulgar por aqui os lançamentos desse mês. :)

Tentação sem limites - Sem limites #2
Abbi Glines

Sinopse: A vida de Blaire Wynn não foi nada fácil. Sua irmã gêmea morreu muito cedo, seu ex-namorado e melhor amigo a traiu e ela precisou cuidar da mãe doente até o último dia de sua vida. Depois de tanto sofrimento, o que ainda seria capaz de machucá-la? O terrível segredo de Rush Finlay. Depois de se apaixonar perdidamente por ele, Blaire descobriu algo cruel que destruiu para sempre o mundo que conhecia. Agora ela está mais sozinha do que nunca e precisa recomeçar a vida longe de todos que a feriram. O único problema é que não consegue deixar de amá-lo. Rush Finlay também não sabe o que fazer. Apesar das tentativas dos amigos e da família para animá-lo, o rapaz segue desolado. Ele já não quer saber da vida que levava, regada a festas, bebidas e mulheres. É atormentado pelas lembranças de um sentimento que jamais imaginara que fosse conhecer e que não pôde ser vivido plenamente. Nem Rush nem Blaire imaginavam que seus universos pudessem se transformar de forma tão radical. Porém, a maior reviravolta das suas vidas ainda está por vir. E ela será tão intensa que obrigará Blaire a engolir o orgulho, voltar a Rosemary, na Flórida, e enfrentar seus inimigos. Rush por sua vez, terá que lutar para consertar seus erros e se provar digno da confiança e do amor dela. Segundo volume da trilogia Sem Limites, que já vendeu mais de 5 milhões de exemplares no mundo, Tentação sem limites é tão viciante e tentador quanto uma paixão proibida. 
Amigas para sempre - Firefly Lane #1
Kristin Hannah

Sinopse: Tully Hart tinha 14 anos, era linda, alegre, popular e invejada por todos. O que ninguém poderia imaginar era o sofrimento que ela vivia dentro de casa: nunca conhecera o pai, e a mãe, viciada em drogas costumava desaparecer por longos períodos, deixando a menina aos cuidados da avó. Mas a vida de Tully se transformou quando ela se mudou para a alameda dos Vaga-lumes e conheceu a garota mais legal do mundo. Kate Mularkey era inteligente, compreensiva e tão amorosa que logo fez Tully sentir-se parte de sua família. Ao longo de mais de trinta anos de amizade, uma se tornou o porto seguro da outra. Tully ajudou Kate a descobrir a própria beleza e a encorajou a enfrentar seus medos. Kate, por sua vez, a ensinou a enxergar além das aparências e a fez entender que certos riscos não valem a pena. As duas juraram que seriam amigas para sempre. Essa promessa resistiu ao frenesi dos anos 1970, às reviravoltas políticas das décadas de 1980 e 1990 e às promessas do novo milênio. Até que algo acontece para abalar a confiança entre elas. Será possível perdoar uma traição de sua melhor amiga? Neste livro, Kristin Hannah nos conta uma linda história sobre duas pessoas que sabem tudo a respeito uma da outra – e que por isso mesmo podem tanto ferir quanto salvar.
Terra sem lei - Virgil Flowers #3
John Sandford

Pode conter spoilers dos livros anteriores.
Sinopse: Em um raro momento de paz, o detetive Virgil Flowers começa a se preparar para um torneio de pesca em um lugar paradisíaco. No entanto, seus planos são arruinados quando ele recebe uma ligação do chefe, Lucas Davenport, informando-o do assassinato da presidente de uma famosa agência de publicidade. O cenário do crime não podia ser mais improvável: uma bela pousada junto a um lago, que hospeda apenas mulheres interessadas em relaxar e aproveitar o contato com a natureza. A vítima foi baleada durante seu passeio matinal de caiaque e as evidências apontam para um crime passional ou por dinheiro. Com seu estilo despojado e brincalhão, Virgil chega à cena e dá a impressão de que não deve ser levado a sério, porém não descansará enquanto não solucionar o caso. Ele descobre que a morte de Erica não foi a primeira da região e que a pousada está ligada a diversas histórias de ciúme, traição, orgulho e cobiça. Todas elas parecem ter conexão com uma banda country feminina e sua cantora de voz poderosa que almeja o estrelato. Nessa terra sem lei, o investigador precisa desvendar o mistério antes que o assassino faça mais uma vítima - e ninguém, nem o próprio Virgil, está a salvo.
Um perfeito cavalheiro - Família Bridgerton #3
Julia Quinn

Pode conter spoilers dos livros anteriores.
Sinopse: Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhce o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica. 
27 de jan de 2014

Resenha - Olho por Olho

Olho por Olho

Jenny Han e Siobhan Vivian

Editora: Novo Conceito
Ano de Publicação: 2013
Tradução: Sylvio Deutsch
ISBN: 9788581632780
N° de páginas: 318
Comprar: Extra/Ponto Frio
Nota: ♥♥♥♥♥ (3/5)

Sinopse:
Alguma vez você já quis realmente se vingar de alguém que a ofendeu? Talvez uma ex-amiga que a apunhalou pelas costas, ou um namorado traidor, ou um estúpido da escola que a humilhou desde que você era pequena… 
Alguma vez você já sonhou em envergonhá-lo na frente de todos? 
E, então, alguma vez você se uniu com outras duas pessoas para criar um elaborado esquema de destruição e revanche? 
A maior parte de nós não pode dizer que sim a todas essas perguntas (felizmente). Mas, certamente, todos nós somos capazes de nos identificar com muitos dos sentimentos de Kat, Lillia e Mary em Olho por Olho… 
No entanto, de um exercício de malícia, de uma simples brincadeira adolescente, o jogo do “aqui se faz, aqui se paga” poderá assumir proporções trágicas, em que até mesmo as leis da natureza vão se dispor, misteriosamente, a acalmar os corações ofendidos. 
Deixe-se levar por uma genuína história sobre o certo e o errado, o justo e o injustificável e procure entender — se possível — os verdadeiros motivos que transformaram estas três meninas. 
Dramático, honesto e fascinante, este é um livro que ultrapassa todas as expectativas!

Com o passar do tempo e após ler alguns livros da Siobhan Vivian, acabei adotando essas leituras como um termômetro. Sim, porque sempre que eu lia algum livro dela, adorava; mas seu eu parar para pensar direitinho, hoje considero todos medianos - 2, 3 estrelas no máximo.

Por isso me surpreendi quando terminei a leitura de Olho por Olho, afinal de contas, pela primeira vez não achei lá essa maravilha toda logo de cara. Sinal que amadureci meus gostos - ou só estou ficando velha e rabugenta mesmo.

O plot em si não é ruim. A vingança que as três protagonistas buscam tem até um fundo lógico. A sabedoria popular nunca mente: guardar rancor por tempo demais faz mal, muito mal. E foi exatamente isso que aconteceu com Kat, Lillia e Mary.

Lillia e sua família moram na região mais nobre da ilha, afinal são um dos mais ricos da região. Ela faz parte do grupo de Rennie e Reeve e é líder de torcida junto com sua "melhor amiga", Rennie. O que poderia haver de errado em uma vida tão perfeita, não é verdade? Mas, sua irmã mais nova, Nadia, acabou de entrar para o ensino médio, e Lillia quer a todo custo protegê-la do mundo cruel e competitivo que as cerca.

Kat por sua vez, é completamente o oposto de Lillia. Está sempre se envolvendo com drogas e pessoas um tanto quanto barra-pesada e após sofrer uma grande perda na infância, acabou sendo considerada a esquisita da escola - com toda razão, diga-se de passagem.

E por último temos Mary. Ela sofreu ainda mais do Kat na sua infância, a ponto de precisar se mudar da ilha. Mas agora ela está de volta e tudo que quer fazer é provar para a pessoa que lhe fez sofrer tanto, que conseguiu superar tudo e é uma pessoa diferente agora. O problema é que, ela não superou muito bem essa história toda.

Mas o que garotas tão diferentes poderiam ter em comum? Uma sede insaciável de vingança. Unidas pela vontade de fazer as pessoas que mais odeiam no mundo pagarem pelo que fizeram, as três se reúnem em segredo para bolar o plano que fará os alvos serem nada mais do que uma pilha de farrapos quando terminarem.

Talvez por ser uma narrativa em terceira pessoa que aborda o ponto de vista de três personagens diferentes, Olho por Olho acaba sendo um livro um tanto quanto raso. Os sentimentos de Kat, Lillia e Mary poderiam ter sido melhor abordados, afinal foram eles que compeliram as três a se juntarem. Todas elas foram marcadas de alguma forma, e se seus traumas e medos fossem melhor apresentados, o leitor poderia se identificar mais com as protagonistas.

Em resumo, Olho por Olho não é ruim. A leitura é rápida e o final deixa um gostinho de quero mais para se ler Dente por Dente. Claro, se você não esperar grandes descrições e uma narrativa profunda, pode ser até que se surpreenda positivamente.


24 de jan de 2014

Promoção - Olho por Olho


Hey!

Não, eu não morri! Estou de volta! 2014, ano novo, vida nova e blá, blá, blá. <3

Anyway, estou de volta e para comemorar o ano novo, o meu ressuscitamento e tudo o mais, vamos começar com promoção, porque não existe jeito melhor de começar com o pé direito! \o/


Importante:

  • É necessário endereço de entrega no Brasil;
  • Todas as informações requisitadas serão conferidas, e quem não estiver seguindo todas as regras será desclassificado;
  • O sorteio será feito pelo Rafflecopter e o resultado será divulgado no blog, em até 3 dias após o término da promoção;
  • O ganhador tem um prazo de 72 horas após a divulgação do resultado para entrar em contato com o blog e enviar o endereço;
  • Os prêmios serão enviados para os ganhadores no prazo de 30 dias;
  • Não nos responsabilizamos por extravios cometidos pelos Correios.

12 de jan de 2014

Maratona Literária 2.0


Hey!

Já que estou de férias e todos os vinte e cinco milhões de vestibulares já foram, resolvi participar da 2ª edição da Maratona Literária. 
Mesmo meio atrasada com a postagem, espero conseguir bater essa meta. Me desejem boa sorte! :)
Para quem não conhece, a dinâmica é bem simples: todo mundo pode participar, sendo blogueiro ou não. O que você tem que fazer é bem simples.
1. Publicar um post no seu blog – ou, se não for blogueiro, no seu mural no Facebook ou no Skoob (lembrando que as postagens referentes à Maratona devem estar abertas ao público) – falando sobre a maratona e anunciando a sua meta para o desafio.
2. Publicar o link do seu post no formulário de inscrição até o dia 12/01, hospedado no Café com Blá Blá Blá.
3. Participar da maratona, que acontecerá das 0h00 do dia 13/01 até às 23h59 do dia 19/01.
E os livros que escolhi para ler são:

Dente por dente

Jenny Han e Siobhan Vivian

Pode conter spoilers de Olho por olho
Editora: Novo Conceito
Ano de Publicação: 2013
Tradução: Maria Angela Amorim de Paschoal
ISBN: 9788581633404
N° de páginas: 510

Sinopse: 
Depois dos acontecimentos do homecoming, Reeve foi parar no hospital, com uma perna quebrada, e seu futuro como atleta está ameaçado. As meninas se sentem culpadas por toda a situação. Não esperavam que as consequências do plano fossem tão graves. Quase perderam o controle. Já que Reeve está mais arrogante do que nunca, o jeito será aplicar nele uma dose do seu próprio veneno e esperar que aprenda a lição. O acidente no baile deixou marcas profundas na consciência de Lillia, Kat e Mary. Sentimentos como amizade, lealdade e ódio se misturam, questionamentos sobre limites... Alguns segredos são mais difíceis de guardar. Aliás, o que são essas coisas estranhas que estão acontecendo com Mary? À medida que Lillia, Kat e Mary descobrem verdades incômodas sobre os moradores da ilha, percebem também que não se conheciam como pensavam. Cada vez mais elas lidarão com o sentimento de que talvez tenham ido longe demais...
 O Altas Esmeralda

John Stephens

Editora: Suma de Letras
Ano de Publicação: 2011
Tradução: Lívia de Almeida
ISBN: 9788581050133
N° de páginas: 294

Sinopse:

Há dez anos, numa noite de inverno, os irmãos Kate, Michael e Emma foram tirados de suas camas às pressas, perseguidos por criaturas estranhas e levados para longe de seus pais, os quais nunca mais viram. Desde então, os três passaram todo esse tempo vivendo em vários orfanatos sem saber o que de fato aconteceu naquela noite. Kate, a mais velha, é a única que tem lembranças dos pais, a quem jurou proteger seus irmãos a todo custo até que a família estivesse reunida novamente; Michael, o do meio, adora o mundo dos livros e histórias de magia e é sempre alvo de implicância dos garotos mais velhos; e Emma, a mais nova, é uma verdadeira encrenqueira, mas de grande coração. Quando chegam a uma mansão abandonada, os irmãos encontram um atlas encantado que os faz viajar no tempo e os leva para uma terra habitada por gigantes, anões, lobos famintos, crianças prisioneiras e uma condessa que é a fonte de todo o Mal. Assim, as crianças que apenas buscavam o paradeiro de seus pais acabam tendo que salvar o mundo.
Os Adoráveis

Sarra Manning

Editora: Novo Conceito
Ano de Publicação: 2013
Tradução: Ronaldo Luís da Silva
ISBN: 9788581631950
N° de páginas: 381

Sinopse: 
Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane. Ele é o tipo de cara que namoraria a garota mais bonita da escola. E compra suas roupas na Hollister, na Jack Wills e na Abercrombie. Além disso, diferente de Jeane, que é autossuficiente, Michael é completamente dependente do pai, o Clínico Geral que condena açúcar, e ainda permite que sua mãe compre suas roupas! (Embora, para Jeane, o pior mesmo sobre Michael é que ele baixa música da internet e nunca paga por isso). Jeane e Michael têm pouco em comum, além de algumas aulas e uma maçante dupla de “ex” — Scarlett e Barney. Mas, apesar disso, eles não conseguem se desgrudar desde que ¬ ficaram pela primeira vez.
As Cores do Mal

Jennifer Lynn Barnes

Editora: Rocco
Ano de Publicação: 2008
Tradução: Amanda Orlando
ISBN: 9788561384517
N° de páginas: 279

Sinopse:
A Escola Emory possui seus próprios segredos. Pelos corredores, o termo "poderes especiais" vai muito além da habilidade de atrair o sexo oposto, e isso pode ser algo ainda mais diabólico que a turma dos populares espreitando todo mundo. Lissy pode ser capaz de ver mais do que uma menina comum, mas está prestes a descobrir, da forma mais difícil, que as coisas nem sempre são o que parecem e que não se pode julgar uma menina pelo gloss que ela usa.
Sociedade dos meninos gênios

Lev A.C. Rosen

Editora: Novo Conceito
Ano de Publicação: 2014
Tradução: Henrique Monteiro
ISBN: 9788581632797
N° de páginas: 542

Sinopse:
Chantagem, mistério, confusões de gênero, coelhos falantes e um assassino autômato: mergulhe na trajetória de Violet Adams, que assume a identidade de seu irmão gêmeo para conseguir uma vaga na mais prestigiada universidade de Londres, que é exclusiva para meninos. Inspirado em clássicos como Noite de reis, de Shakespeare, e A importância de ser honesto, de Oscar Wilde, Sociedade dos meninos gênios traça um retrato pitoresco e provocativo da aristocracia vitoriana, oferecendo diversão, aventura e uma reflexão bem-humorada sobre a questão do gênero.

8 de jan de 2014

Resenha - Por isso a gente acabou


Por isso a gente acabou

Daniel Handler aka. Lemony Snicket

Editora: Seguinte
Ano de Publicação: 2013 - reimpressão, Ed. Seguinte
Tradução: Érico Assis
ISBN: 9788535920239
N° de páginas: 362
Comprar: Fnac/Submarino
Nota: ♥♥♥♥♥ (3/5)

Sinopse:
Por isso a gente acabou trata, com a comicidade típica do autor, de uma situação difícil pela qual todos um dia irão passar: o fim de uma relação amorosa e toda a angústia, tristeza e incerteza que essa vivência pode gerar. Min Green e Ed Slarteron estudam na mesma escola e, depois de apenas algumas semanas de convívio intenso e apaixonado, acabam o namoro. Depois de sofrer muito, Min resolve, como marco da ruptura definitiva, entregar ao garoto uma caixa repleta de objetos significativos para o casal junto com uma carta falando sobre cada um desses objetos e do episódio que ele representou, sempre acrescentando, ao final, uma nova razão para o rompimento. Essa carta é o texto de Por isso a gente acabou, que é, assim, carregado de um tom informal e tragicômico - características da personagem - e traduz com um misto de simplicidade e profundidade a história de uma separação. Imerso neste universo adolescente, o leitor conhecerá a divertida personalidade de Min, uma garota apaixonada por filmes cujo sonho é ser diretora de cinema, e as idas e vindas deste romance, desde o dia em que os dois conversaram pela primeira vez até o instante em que tudo acabou. A artista Maira Kalman, autora de diversas capas da revista The New Yorker, ilustrou cada um dos objetos da narrativa, trazendo cor e descontração a esta história dolorida.

Lemony Snicket é mais conhecido por Desventuras em Série, e nesse livro, escrevendo sob o pseudônimo Daniel Handler, fala sobre amor, mas de um jeito inovador e nem por isso surpreendente. Mil e uma resenhas falando bem perto do lançamento me deixaram ansiosa, e fui com tanta expectativa ler Por isso a gente acabou, que terminei meio decepcionada.

De romances clichês e melados o mercado literário já está saturado, e nesse ponto o autor consegue sim, inovar. O leitor já sabe desde o começo da narrativa - talvez pelo título bastante explicito - que os personagens principais não vão terminar juntos, mas o que leva ao término do namoro é o que descobrimos ao longo da narrativa.

Por meio das coisas que Min Green devolve ao seu ex-namorado Ed, em uma caixa, conhecemos o relacionamento dos dois, desde o momento em que conversaram pela primeira vez até o dia do término. Acaba quando Min termina a carta que colocou na caixa, sem mostrar a cara de tacho de Ed ao receber esse pacote - o que eu mais queria ter visto, mas ok.

De qualquer forma, acompanhar as obsessões de Min com cada um dos objetos naquela caixa, desde uma caixa de fósforos que Ed "roubou" para ela no primeiro encontro dos dois, até algumas incubadoras que deixam ovos quadrados, é bastante divertido. Essas coisas podem não fazer sentido separadas, mas quando a Min explica - detalhadamente, diga-se de passagem - entendemos o motivo para aquilo estar na caixa, e porque ela guardou tantas coisas sem nexo.

Talvez, desde o começo o casal já estivesse fadado ao fracasso, mas mesmo assim resolveram tentar, e a cada descrição de Min a respeito de um objeto e a história do mesmo relacionada com eles, está na cara que eles não tem nada em comum. Os gostos são diferentes, a forma de agir, até o jeito de falar. Ah, e preciso citar que shippei a Min com o melhor amigo dela, o Al, o livro praticamente inteiro. <3

O mais legal do livro, foi o crescimento da narradora. Ela começa como uma criança no corpo de uma adolescente, sem entender direto de relacionamentos e termina sendo bastante madura. Claro, largar uma caixa com os objetos que marcaram o seu relacionamento da frente da casa do seu ex-namorado não é lá uma ação muito madura da parte dela, mas a Min mesmo percebe que aqueles objetos tinham significado na época, mas agora não a lembram de mais nada. Apesar de ser uma atitude ambígua, lá no fundo, dá para perceber que ela amadureceu afinal das contas.

Tentando inovar, Lemony Snicket seguiu um bom caminho, mas a repetição e divagação de Min acabaram me incomodando e tirando algumas estrelas do livro - duas mais precisamente. Bom? Sim. Vale à pena, mas não vá com tanta sede ao pote como eu fui e você vai gostar bem mais do que eu.