30 de out de 2013

Filmes - 5 coisas que espero ver em "Em Chamas"

Hey!

Desde que o trailer final de Em Chamas saiu, a única coisa que consigo pensar é: "Falta muito ainda?" 
Então decidi contar para vocês quais são as cinco coisas que eu espero/quero ver no filme. <3

P.S.: Pode conter spoilers dos livros e filme.

Relógio de bolso do Plutarch Heavensbee: Que tributo não está ansioso para ver essa cena desde que leu Em Chamas? A clara referência a arena - que eu só fui entender mais tarde - me deixa completamente insana, contando os milésimos de segundo para a estréia! ♥♥♥ OMG! Cadê esse filme?!?!

Vestido de noiva/tordo da Katniss: Das cenas que antecedem a 75ª edição dos Jogos Vorazes, a entrevista com o Ceasar é provavelmente a cena que eu mais desejo. 

Não há nem o que dizer, apenas observe as expressões do apresentador e as transfira para o meu rosto. Sim, eu ainda me sinto desse jeito ao ver esse gif. ♥
Ah, e porque eu sou uma blogueira muito legal, aí vai mais um gif da Katniss, dessa vez a transformação em tordo já completa. 

*Morrendo de amores por esses gifs*  <33333333




"Want a sugar cube?": Finnick Odair oferecendo cubos de açúcar. Qualquer outro comentário é irrelevante.

Tick tock. This is a clock: OMG! OMG! OMG! Enquanto eu procuro gifs para esse post estou surtando mais ainda. 
Fala sério se essa arena não ainda melhor do que a do primeiro livro? Não há nem o que dizer. Apenas observe a magnificência dessa arena. E tentem - apenas tentem - não ter um ataque cardíaco. Assim como eu estou tentando agora. ♥♥♥

Tributos: Ok, esse tópico eu tenho certeza que vamos encontrar no filme. Mas eu mal posso esperar para ver como eles foram adaptados. WiressBeetee, FinnickMags, Johanna, Katniss e Peeta... OMG! Já estou roendo as unhas para assistir esse filme. ♥♥♥♥♥♥♥♥

29 de out de 2013

Lançamentos de novembro - Editora Intrínseca

Hey!

Antes tarde do que nunca. Ok, sem drama, o post só não saiu de manhã cedinho como eu gosto, mas... Anyway, vamos conferir os lançamentos de novembro da Editora Intrínseca?

A queda dos cinco - Os Legados de Lorien #4
Pittacus Lore

Pode conter spoilers dos outros 3 livros da série.

Sinopse: John Smith, o Número Quatro, achou que tudo seria diferente quando os lorienos se juntassem. Eles parariam de fugir. Lutariam contra os mogadorianos. E venceriam. Mas Quatro estava errado. Depois de enfrentarem Setrákus Ra e quase serem dizimados, os membros da Garde reconhecem que estão despreparados e em minoria. Escondidos na cobertura de Nove, em Chicago, eles planejam os próximos passos.
Os seis são poderosos, porém não são fortes o suficiente para enfrentar um exército inteiro, mesmo com o retorno de um antigo aliado. Para derrotar os mogadorianos, cada um deles precisará dominar seus Legados e aprender a trabalhar em equipe. O futuro incerto faz com que eles busquem a verdade sobre os Anciões e seu plano para os nove lorienos escolhidos. A Garde pode ter perdido batalhas, mas não perderá a guerra.
Círculo - Trilogia Engelsfors #1
Mats Strandberg e Sara Bergmark Elfgren

Sinopse: Minoo sempre foi a melhor da turma, mas não consegue fazer amigos. Vanessa é a garota mais sexy do colégio e namora um cara bem mais velho. Linnéa tem pai alcoólatra e é malfalada na escola. Rebecka parece ter uma vida de contos de fadas, mas esconde de todos que tem um distúrbio alimentar. Anna-Karin sofre bullying e deseja ser invisível. Ida, apesar de popular, é detestada tanto pelos professores quanto pelos alunos.
Elas não são amigas nem têm quase nada em comum, exceto o fato de frequentarem o mesmo colégio na cidadezinha sueca de Engelsfors. Quando uma lua vermelho-sangue surge no céu, as seis são atraídas por uma força misteriosa até um parque de diversões abandonado, onde descobrem que são as Escolhidas, um grupo de bruxas ligadas por uma antiga profecia, e que uma força terrível foi libertada. Diante de uma série de suicídios suspeitos, elas precisam se unir e aprender a usar suas habilidades mágicas recém-adquiridas se quiserem sobreviver.
Destrua este diário
Keri Smith

Sinopse: Um diário costuma servir para anotar ideias, memórias ou registros do cotidiano. Keri Smith, ilustradora e artista canadense, inventou um tipo diferente de diário, que exige do usuário uma interação mais lúdica e inusitada. Com a proposta de estimular a criatividade e questionar convenções sobre a forma como lidamos com os objetos, Destrua este diário nos convida a rasgar páginas, rabiscar, pintar fora das linhas, manchar e até mesmo levar o livro para o banho. A ideia surgiu quando Keri começou a refletir sobre o começo da sua carreira como artista e percebeu que o perfeccionismo tão exaltado na nossa cultura era um grande empecilho do processo criativo. A experiência fez com que ela entendesse que é preciso esculhambar a monotonia e o lugar-comum para que o novo possa surgir.  
O Mundo do Exterminador
Orson Scott Card - organizador

Sinopse: Orson Scott Card organiza uma série de ensaios sobre sua obra de maior destaque. Aprofundando-se nas complexas questões levantadas em O jogo do exterminador, os textos são escritos por autores com os mais variados backgrounds, desde estrategistas militares até autores best-sellers de literatura infantojuvenil, que discorrem sobre liderança, respeito à alteridade, regras literárias e sobrevivência, entre muitos outros temas.
Valiosa adição ao universo da série, essa coleção de ensaios mostra novos aspectos da obra para quem já é fã e aguça a curiosidade de quem ainda não leu, elevando a um novo patamar a discussão sobre o incrível clássico da ficção científica. A adaptação cinematográfica de O jogo do exterminador chega aos cinemas brasileiros em janeiro de 2014, estrelado por Ben Kingsley e Harrison Ford.
A História do Mundo em 100 Objetos
Neil MacGregor

Sinopse: Incontáveis civilizações se sucederam ao longo da história da humanidade e deixaram legados grandiosos, inspirando admiração e espanto mesmo após milhares de anos. Outras foram quase soterradas pelo tempo, restando apenas pequenos vestígios de sua existência. Em A história do mundo em 100 objetos, viajamos de volta no tempo e cruzamos o globo terrestre para ver como o ser humano moldou o mundo e foi moldado por ele nos últimos dois milhões de anos.
Resultado de um projeto inovador do British Museum e da Rádio BBC 4, a obra conta a história da humanidade a partir de cem objetos escolhidos no acervo do museu, todos de diferentes momentos da nossa jornada. O historiador Neil MacGregor nos conduz pelos mais variados artefatos que o homem produziu, concebidos cuidadosamente para diversos usos. Apresentando desde as tabuletas de argila para escrever até o onipresente cartão de crédito da atualidade, esse livro é um olhar inusitado e profundamente revelador sobre nossa civilização.
Eu me chamo Antônio
Pedro Gabriel

Sinopse: Antônio é o personagem de um romance que está sendo escrito e vivido. Frequentador assíduo de bares, ele despeja comentários sobre a vida — suas alegrias e tristezas — em desenhos e frases escritas em guardanapos, com grandes doses de irreverência e pitadas de poesia.
Antônio é perito nas artes do amor e está sempre atento aos detalhes dos encontros e desencontros do coração. Quando está apaixonado, se sente nas nuvens e nada parece ter maior importância e, quando as coisas não saem como esperado, é capaz de enxergar nas decepções um aprendizado para seguir adiante. Do balcão do bar, onde Antônio se apoia para escrever e desenhar, ele vê tudo acontecer, observa os passantes, aceita conversas despretensiosas por aí e atrai olhares de curiosos. Caso falte alguém especial a seu lado (situação bastante comum), Antônio sempre se acomoda na companhia dos muitos chopes pela madrugada.
Ratobúrger
David Walliams

Sinopse: Zoe não tem amigos, a madrasta não é nada simpática com ela e seu único companheiro, um hamster, morreu. Para piorar, o pai está desempregado e a valentona da escola vive para atormentá-la. Mas tudo melhora quando Zoe encontra Armitage, um ratinho muito fofo e inteligente, embaixo de sua cama.   Um novo vilão, porém, chega à cidade: Burt, um terrível, malvado e assustador vendedor de hambúrgueres que usa carne de rato para cozinhar. Armitage, então, torna-se alvo seu. Cabe a Zoe salvar seu melhor amigo, e ela jamais vai desistir, não importa o que aconteça.


Grande Irmão
Lionel Shriver

Sinopse: Pandora é uma empreendedora bem-sucedida que vive em Iowa com o marido, Fletcher, um homem de temperamento irritadiço, que nunca consegue relaxar. Edison, irmão de Pandora, antes um conhecido pianista de jazz em Nova York, está completamente falido, sem ter onde morar. Contrariando o marido, Pandora envia uma passagem aérea para o irmão e abre sua casa para hospedá-lo. Depois de quatro anos sem se encontrarem, ela quase não o reconhece quando vai buscá-lo no aeroporto e depara com um homem mais de cem quilos acima do peso. Em casa, os hábitos desleixados de Edison criam um enorme desconforto para Fletcher, até que Pandora decide se comprometer com o emagrecimento do irmão e abdica de tudo para ajudá-lo.
Construído com a inteligência e a força impactante de Lionel Shriver, Grande irmão é um livro sobre um assunto ao mesmo tempo social e dolorosamente íntimo. Shriver mostra, sem rodeios, como a obesidade grave pode atingir uma família de modo devastador e nos faz questionar se é possível proteger as pessoas que amamos delas mesmas.
28 de out de 2013

Resenha - A outra vida

A Outra Vida

Susamme Winnacker

Editora: Novo Conceito
Ano de Publicação: 2013
ISBN: 9788581631516
N° de páginas: 268
Comprar: Siciliano/Fnac
Nota: ♥♥♥♥ (4/5)

Sinopse: 
O mundo de Sherry — de uma hora para outra — mudou completamente. Por causa de um vírus muito contagioso, as pessoas que ela costumava conhecer, e quase todas as pessoas de sua cidade, Los Angeles, na Califórnia, se transformaram em mutantes assustadores. 
Esses mutantes têm uma força excessiva, são ágeis, o corpo é coberto de pelos, eles lacrimejam um líquido imundo e… comem gente! Portanto, não há muito o que fazer — talvez tentar fugir — quando se encontra algum deles. A não ser que você tenha ao seu lado a força e a determinação de um jovem como Joshua.
Joshua perdeu uma irmã para os mutantes e sua raiva é tão grande que ele seria capaz de vingar todos aqueles que perderam alguém para as criaturas. No entanto, para que esta revanche aconteça, é preciso prudência. Afinal, até que ponto a disseminação deste vírus foi uma coisa realmente natural? Que poderosos interesses estão por trás desta devastação? 
E será que Joshua e Sherry conseguirão ter a cautela necessária para lutar contra as criaturas justo agora que seus corações estão agitados pelo começo de uma paixão?
Cansado de livros pós-apocalípticos com zumbis? Distopias com sociedades controlados e pessoas vigiadas 24 horas por dia, sete dias por semana? Pois seus problemas acabaram! A outra vida é uma distopia pós-apocalíptica com nada mais, nada menos do que pessoas contaminadas por uma mutação um tanto quanto estranha do vírus da raiva. É, essa mesma raiva que os cachorros tem por aí... o.O

Mas não estranhe a epidemia um tanto quanto diferente, A outra vida é uma distopia muito bem escrita. Nele, a sociedade não é o problema, afinal ela não existe mais. Por isso a narrativa foca mais nos personagens do que no ambiente que os cerca.

Quando as pessoas começam a sumir do nada, o governo avisa aos habitantes da cidade de Sherry para se esconderem em bunkers. E os que não tiverem um em casa - ? - podem se abrigar nos que foram cedidos pelas prefeitura. O problema? Já faz três anos que isso aconteceu.

Mas especificamente três anos, um mês, uma semana e seis dias que a família de Sherry se enconde no bunker que seu pai construiu no quintal. Ela, seus pais, seus irmãos mais novos, a avó e o avô que agora mora permanentemente no freezer. Não, ele não é um lunático, só está morto, e como não havia outro lugar para colocar o corpo, o guardaram ao lado das ervilhas congeladas.

A situação estava até mais ou menos para quem vive em baixo da terra, mas o inevitável acontece: a comida acaba, e a única opção é sair do abrigo. Os "voluntários" - afinal, só os dois poderiam ir mesmo - são Sherry e seu pai. Tudo ia bem, mas quando os dois chegam a um supermercado, são surpreendidos pelos "chorões" - é assim que os sobreviventes chamam os contaminados.

Mas ainda bem que Joshua aparece aparentemente do nada e salva Sherry. Agora o único objetivo da garota é encontrar seu pai em um dos ninhos de chorões. A partir desse momento a narrativa se desenrola de forma eletrizante ao mesmo tempo que foca na parte sentimental dos protagonistas.

Narrado do ponto de vista de Sherry, diferente da maioria das distopias que se centra na sociedade que surgiu após algum problema, A outra vida foca justamente no que se passa na cabeça dos sobreviventes e como é difícil viver em um mundo sem o governo para controlar a população, tendo que procurar sua própria comida todos os dias. Foi exatamente esse ponto que me fez gostar tanto desse livro.

A única coisa que me fez tirar uma estrela de A outra vida foi a protagonista, que apesar de passar por inúmeras situações de perigo, ainda conseguia ser infantil, na busca por seu pai ou até mesmo em seu relacionamento com a família e Joshua.

"- Como você pode ficar tão indiferente a tudo isso? Não fica nem um pouco preocupado? - quase gritei.
-É claro que me preocupo. É por isso que vou atrás deles todos os dias. Mas, se você tivesse visto o que já vi, teria de aprender a lidar com as mortes e os desaparecimentos. A outra vida não existe mais. Este novo mundo tem suas próprias regras. Sobreviver aos ataques é uma delas. Se acha que vai encontrar bondade e misericórdia, está enganada. Saí do abrigo com mais de vinte pessoas. Agora, sou o único vivo."
Página 81.
Claro, se você procura uma distopia pouco convencional, mas ainda sim muito boa, eu não poderia recomendar livro melhor do que A outra vida. Vale super a pena! É uma leitura rápida e divertida, com o toque certo de suspense. 

24 de out de 2013

Lançamentos de outubro - Editora Novo Conceito

Hey!

Até que enfim estou conseguindo manter o blog atualizado, programando as postagens no dia anterior, e hoje vim contar para vocês quais são os lançamentos desse mês da Editora Novo Conceito. :)

O Dom - Bruxos e bruxas #2
James Patterson e Ned Rust

Essa sinopse pode conter spoilers do primeiro livro - resenha de Bruxos e Bruxas.

Sinopse: Os irmãos Allgood nunca desistem de lutar contra os poderes autoritários e desumanos d’O Único Que É O Único, mas, agora, eles estão sem Margô — a jovem e atrevida revolucionária; sem Célia — o grande amor de Whit; e sem seus pais — que provavelmente estão mortos... Então, em uma tentativa de esquecer suas tristes lembranças e, ao mesmo tempo, continuar seu trabalho revolucionário, os irmãos vão parar em um concerto de rock organizado pela Resistência onde os caminhos de Wisty e de um jovem roqueiro vão se cruzar. Afinal, Wisty poderá encontrar algo que lhe ofereça alguma alegria em meio a tanta aflição, quem sabe o seu verdadeiro amor... Mas, quando se trata destes irmãos, nada costuma ser muito simples e tudo pode sofrer uma reviravolta grave, do tipo que pode comprometer suas vidas. Enquanto passam por perdas e ganhos, O Único Que É O Único continua fazendo uso de todos os seus poderes, inclusive do poder do gelo e da neve, para conquistar o dom de Wisty... Ou para, finalmente, matá-la.
Esc@ndalo
Therese Fowler

Sinopse: Amelia Wilkes tem um pai rigoroso que não permite que ela namore, mas isso não a impede de viver um romance secreto com o cativante Anthony Winter. Desesperadamente apaixonados, os dois sonham uma vida juntos e planejam contar tudo sobre seu amor aos pais de Amelia... Mas só depois que ela completar dezoito anos — e for legalmente reconhecida como adulta. No entanto, a paixão do casal é exposta mais cedo do que o previsto... Eles são jovens, andam grudados aos seus celulares e postam todo tipo de informação — inclusive aquelas informações mais particulares, que só deveriam dizer respeito a eles mesmos — até que o pai de Amelia encontra fotos de Anthony, nu, no computador de sua filha. Poucas horas depois, Anthony é preso. Apesar dos protestos de Amelia, seu pai usa de todo o poder e influência entre os policiais, e entre os meios de comunicação, para transformar Anthony em um pervertido que caçava sua inocente filha. De mãos atadas, cabe aos dois apaixonados arriscar uma última saída, ousada e perigosa, e apagar a acusação de sexting que Anthony recebeu.
A Conspiração
Clive Cussler

Sinopse: Uma embarcação romana naufraga no século IV. Durante a Primeira Guerra Mundial, um navio inglês é destruído por uma bomba. Atualmente, no Oriente Médio, ícones da fé islâmica são bombardeados. E um misterioso pergaminho relacionado à vida particular de Jesus pode limitar o poder da Igreja Católica. Como eventos e fatos tão distantes podem ter alguma relação? O engenheiro naval Dirk Pitt (Diretor da NUMA – Agência Nacional Marítima e Subaquática) está acostumado a explorações subaquáticas — e a revelar mistérios indecifráveis — e parece ser a pessoa mais indicada para trazer a público o elo entre esses episódios tão incompatíveis. Mas a que custo? Uma aventura que mistura ¬ ficção e realidade em uma criação cheia de surpresas e mistério. Acompanhe o incansável herói Dirk Pitt em uma história em que arrepiantes artefatos religiosos, a CIA e o Mossad misturam-se às mais magní¬ficas construções da arquitetura medieval.
Esconda-se
Lisa Gardner

Sinopse: Uma mulher que foi obrigada a fugir — desde criança— de uma possível ameaça. Uma ameaça que seu pai via em todo lugar, mas que a polícia nunca considerou. Um antigo e desativado sanatório para doentes mentais que pode ter muito mais a esconder entre suas paredes do que homens e mulheres entorpecidos por remédios. Uma história de rancor entre membros de uma mesma família que nunca conseguiram superar os episódios de violência doméstica que presenciaram. Um pingente que foi parar em mãos erradas — e a cena de um crime brutal: seis meninas mortas e mumificadas há mais de trinta anos. Agora, cabe à famosa detetive D.D. Warren descobrir quem foi o serial killer que cometeu esta atrocidade e que motivação infame deformou sua mente. Acompanhe D.D. Warren na solução de mais este complexo caso e encontre o inimaginável que está por trás de pessoas aparentemente comuns! 
Rose na tempestade
Jon Katz

Sinopse: No meio de uma terrível nevasca, a cadelinha Rose insiste em dar conta de seu trabalho como pastora enquanto nos deixa a par de suas curiosas reflexões: onde está Katie, que ela nunca mais viu, embora seja capaz de sentir sua presença em todo lugar? Quem será aquele cachorro selvagem que parece seu amigo? Por que Carol, a mula, fica parada mesmo debaixo de toda a neve que cai? E onde foi parar Sam, que sumiu depois daquele barulho todo? Mas Rose não tem muito tempo para suas reflexões divertidas — e às vezes bem corretas. Agora ela deve voltar sua atenção para uma coisa muito mais séria: correr atrás de Sam, tentar encontrá-lo e, quem sabe, salvá-lo. No entanto, alguns perigos podem ser intransponíveis para uma cachorrinha...
Seis coisas impossíveis
Fiona Wood

Sinopse: Dan Cereill levou um encontrão da vida: seu pai faliu, assumiu que é gay e separou-se de sua mãe, tudo de uma vez só. Enquanto isso, sua mãe recebeu de herança uma casa tombada pelo patrimônio histórico que cheira a xixi de cachorro, mas que não pode ser reformada... E, agora, Dan está vivendo em uma casa-relíquia que parece um chiqueiro, com uma mãe supertriste e sem conseguir falar com o pai — que ele ama muito. Suas únicas distrações são sua vizinha perfeita, Estelle, e uma lista de coisas impossíveis de fazer, como: 1. Beijar a garota. 2. Arrumar um emprego. 3. Dar uma animada na mãe. 4. Tentar não ser um nerd completo. 5. Falar com o pai quando ele liga. 6. Descobrir como ser bom e não sair abandonando os outros por aí... Mas impossível mesmo será: 1. Não torcer para que Dan supere seus problemas. 2. Não rir muito com os devaneios dele. 3. Não querer ter um cachorrinho como Howard. 4. Não desejar que a mãe de Dan encontre a felicidade. 5. Parar de ler este livro. 6. Não querer abraçar o livro depois de tê-lo terminado...
Noites italianas
Kate Holden

Sinopse: Quando Kate decidiu abandonar seu passado, em Melbourne, e começar uma jornada para dentro de si mesma, foi para um país reconhecidamente romântico. Enquanto se encantava com as ruínas de Roma e as praças de Nápoles, esperava encontrar — em ruas estrangeiras — sua verdade pessoal. Mas a peregrinação de Kate exigiu coragem. Encontrar o verdadeiro amor ou, quem sabe, perder-se para sempre de maneira a não ter mais qualquer chance de resgate foram possibilidades reais na Itália... Especialmente para alguém que estava acostumada a viver entre as vielas da escuridão. Em um romântico, mas estranho país, com muitos — alguns bem significativos — casos de amor, e mais algumas noites de sexo sem compromisso, ela vai se perguntar se é, verdadeiramente, um espírito livre, ou uma atriz que decorou tão bem o seu papel de mulher sedutora que já não consegue desvencilhar-se dele...
A agenda
João Varella

Sinopse: Sandra Macedo é uma alta executiva de marketing. Obstinada e competente, sua eficiência é reconhecida pelos funcionários e pela diretoria da holding onde trabalha. Exemplo de mulher bem-sucedida, Sandra vive atolada entre as obrigações profissionais e uma filha que não lhe dá muita atenção. Em meio a essa correria, fica difícil dedicar um tempo ao lado afetivo. Assim, ela acaba se envolvendo com pessoas que podem comprometer sua carreira e sua saúde emocional. A não ser que ela deixe de ser a menininha que, no fundo, continua sendo...


23 de out de 2013

Filme - Percy Jackson e O Mar de Monstros


Finalmente saiu o segundo filme da série Percy Jackson e os Olimpianos. E depois do desastre que foi o primeiro filme, não ir com tanta sede ao pote ajudou a tornar o O Mar de Monstros mais, digamos, aceitável.

Pior do que o primeiro todo mundo tinha certeza que esse não seria - afinal não tinha jeito de ser pior - e por incrível que pareça foi até mais ou menos. Sem expectativa nenhuma, acabei assistindo o filme simplesmente porque eu não tinha nada melhor para fazer. E com esperanças em -10 percebi que as coisas estavam menos piores.


Como grande conquista para esse filme temos o cabelo da Annabeth! Finalmente a cor certa! \o/ Mas falando sério, alguns personagens foram inseridos na trama - o que deveria ter acontecido no primeiro filme, mas ok - principalmente a Clarisse, que tinha um papel super importante no livro. Não, ela não foi tão importante na adaptação, mas pelo menos apareceu... E gente, o Sr. D.! Fiquei até meio emocionada só de vê-lo no filme. haha ♥

Ainda assim tenho uma única pergunta para a equipe de produção do filme: Why, roteiristas? WHY? O que custa ler o livro, nem que seja só um pouquinho e fazer uma coisa mais fiel? Ok, tenho que concordar, algumas coisas são mais ou menos parecidas com o livro, mas fazendo um balanço geral, a coisa pende mais para o lado de "tiraram coisas, Zeus sabe de onde, e jogaram no meio do roteiro". WHY?


As coisas básicas da narrativa continuam presentes no filme. Mas praticamente só os alicerces do livro. A história do pinheiro estar morrendo e a única coisa que poderia salvá-lo é o Velocino de Ouro, que está na ilha de Polifemo, no Mar de Monstros. E, claro o Tyson. Mas uma das coisas foi mais alterada, foi a parte da névoa...

Como eu disse no começo da resenha, as coisas nesse filme são aceitáveis. Mais coisas são fiéis aos livros, mas ainda temos um longo caminho a percorrer até que saia uma coisa decente. Quem sabe até o filme de O Último Olimpiano?


Uma coisa que me agradou - sim, alguma coisa me agradou em Percy Jackson e O Mar de Monstros - foi o cuidado com os efeitos especiais. Mas só os mais grandiosos, como o Cronos e o hipocampo - que não tem o nome de Arco-Íris no filme :( - são até bem feitos. O único problema é que cuidaram demais dos efeitos grandiosos e descuidaram dos menores, como o olho do Tyson. Ficou bem mal feito, fala sério!

Anyway, para quem não esperava absolutamente nada de Pecy Jackson e O Mar de Monstros, acabei achando o filme razoável. Não espere grandiosidades cinematográficas e uma bela adaptação do livro original e pode ser que você tenha a mesma opinião que eu. Ou talvez você ache tão ruim quanto o primeiro...

No geral, mais pela tentativa do que tudo, acabei dando nota 2,5/5. Esse meio ponto vai pela presença do Sr. D., que fique bem claro. ♥
22 de out de 2013

Lançamentos de outubro - Grupo Autêntica

Hey!

Finalmente estou de volta - de novo. Espero que essa seja a última vez nesse ano que eu ficarei um tempo ausente. 

Mas chega de falar sobre mim, vamos ver os lançamentos de outubro do Grupo Autêntica?

Um pouco além do resto
Clarissa Corrêa

Sinopse: Clarissa Corrêa foi minha aluna. Peraí. Você já deve estar concluindo que ela aprendeu comigo alguma coisa. Não, eu fui seu aluno disfarçado de professor. Cada texto que vinha de seus olhos enormes e de suas sardas iluminadas roubava um riso que eu ainda não havia inventado em minha escrita. Sua produção me converteu em um docente pontual, que frequentava o campus com gosto, não reclamava do cartão-ponto e da lista de chamada obrigatória. Tudo para ouvir sua voz temperamental, passional e lúcida de Cyndi Lauper. Era confessional, mas absurdamente impessoal nas teorias. Como? Falava de si para teorizar o comportamento dos outros. Aqui, ali ao mesmo tempo.
Suas crônicas são ácidas, caem no colarinho e não saem com tira-manchas, perfuram o tecido até marcar a pele para sempre. Humor desesperado sobre relacionamentos desesperados sobre respostas desesperadas. Se não mentíssemos o que sentimos, não enfrentaríamos nenhum constrangimento na vida a dois. Mas mas mas mas a literatura é quando contamos a verdade. A derradeira transparência.
Um pouco além do resto é contido na linguagem, porém exuberante nas sugestões. Confirma o quanto complicamos a felicidade. É somente estar feliz que já cavamos suspeitas, provocamos brigas, recrutamos flertes para testar o amor do outro. A simplicidade não sacia ninguém – é o que parece lendo Clarissa, mesmo que a simplicidade seja o que a gente sempre sonhou em um relacionamento. O medo do futuro estraga o presente, e altera inclusive o passado. Não duvide do poder do pensamento: ele destrói amores perfeitos. São as suposições que se agigantam, e não diferenciamos o que é receio do que é real. Essa mania de procurar coisa onde não tem.
Desconfie menos, acredite mais. E aprenda com Clarissa como eu aprendi. - Fabrício Carpinejar
Entre a cruz e o arco-íris
Marília de Camargo César

Sinopse: Como alguém que é homossexual pode expressar sua fé cristã publicamente? Seria esse um direito negado a quem não é heterossexual? É a homoafetividade um pecado sem perdão, e que exclui da religião todos os que são assim? Existiria “cura”? Como as igrejas tratam os gays? De questionamentos como esses nasceu este livro, uma reportagem contundente e abrangente sobre a complexa relação entre os cristãos, especialmente os evangélicos, e a homossexualidade. Em um tom jornalístico fluido e investigativo, a jornalista Marília de Camargo César traz à tona fatos e informações a partir de pesquisas sólidas em fontes históricas, nas quais procura a origem do pensamento de exclusão social e religiosa dos homossexuais pelos cristãos. Além disso, evidencia sentimentos e opiniões sobre o tema por meio de dezenas de entrevistas com religiosos, pastores, gays, ex-gays, ex-ex-gays, familiares, historiadores, teólogos, psicólogos, sociólogos e especialistas da área médica e das ciências humanas. O resultado é um mosaico de histórias profundamente humanas, que mostram, além de argumentos e discussões em torno de questões polêmicas, muitos conflitos e atitudes causadoras de sofrimento. É a riqueza de pontos de vista, no entanto, que lança mais luz à questão: leituras fundamentalistas do livro sagrado, leituras mais liberais da chamada teologia inclusiva, relatos de gays ateus, posturas dos que optaram pela castidade para professar sua religião e opiniões de quem entende que fé tem pouco a ver com orientação sexual. A dúvida que pode emergir de uma discussão assim talvez consiga romper a casca rígida das certezas cristalizadas e definitivas e origine uma nova visão de mundo com menos dor e mais humanidade.
O Clã dos Dragões - Terras de Neve e Gelo #1
Ilkka Auer

Sinopse: Nos tempos antigos, o reino de Noridium era governado pelos temíveis Dragões Negros. Durante séculos, na fria região de Caldia, circularam lendas sobre a Bruxa do Gelo, que seria a descendente cruel e imortal dessas criaturas. Porém, essas lendas se tornarão realidade para a adolescente Nonna e para seu protetor, o urso polar de estimação Fenris. Depois de ver sua aldeia atacada e destruída, ela é forçada a deixar sua casa e sua vida para trás. Os rumores de que os deuses antigos voltaram à Terra aumentam a cada dia, e tudo começa a mudar. O grande temor é que o Clã dos Dragões recupere seu domínio. Nonna se vê, então, em meio a uma luta pelo poder, e ameaçada por um grande mal. Ao procurar defender-se, descobre mais sobre seus ancestrais, mas percebe que está mais envolvida com o futuro do reino do que poderia imaginar.
A Bula da Vida
Acely G. Hovelacque

Sinopse: Esta fábula convoca as diversas abordagens em saúde a somarem suas diferenças e a multiplicarem a lucidez e a compaixão. Celebra o olhar convergente entre a medicação e a meditação, oferecido pelo conceito de Saúde Plena e de Medicina Integrativa. De forma lúdica, convida o leitor a interagir com as próprias realidades multidimensionais e com a vastidão de suas possibilidades. Como um espelho, amplia sua visão e lhe pergunta como está utilizando o melhor medicamento disponível – a Vida!



21 de out de 2013

Resenha - Como salvar um vampiro apaixonado

Como salvar um vampiro apaixonado

Beth Fantaskey

Essa resenha pode conter spoilers do primeiro livro.
Editora: Arqueiro
Ano de Publicação: 2013
ISBN: 9788580411935
N° de páginas: 264
Comprar: Siciliano/Fnac
Nota: ♥♥♥♥♥ (2,5/5)
Sinopse: 
Quando Jessica Packwood descobriu que era uma princesa vampira romena, sua pacata vida adolescente virou de pernas para o ar. Ela precisou fazer as pazes com seu passado e vencer muitos obstáculos para ficar com seu belo príncipe, Lucius Vladescu. Depois de se casarem na Romênia, agora Jessica e Lucius devem unir os clãs mais poderosos dos vampiros e estabelecer a paz de uma vez por todas.
Mas primeiro ela vai ter que convencer uma nação inteira de vampiros ardilosos de que tem plenas condições de se tornar rainha. O problema é que Jessica nem mesmo consegue pedir uma refeição decente aos empregados de seu castelo, quanto mais lidar com súditos mortos-vivos malignos que adorariam vê-la fracassar.
Tudo se complica ainda mais quando Lucius é acusado de assassinar um vampiro Ancião e é condenado à masmorra, onde espera pelo julgamento que pode levá-lo à morte. Jessica então se vê em apuros, lutando não só pela vida de seu amado, mas também pela própria sobrevivência em um mundo repleto de intrigas.
Desesperada para provar a inocência do marido, ela conta com a ajuda de sua melhor amiga, Mindy Stankowicz, e do misterioso primo italiano de Lucius, Raniero Lovatu. Mas será que a princesa pode mesmo confiar neles?
Jessica Packwood não é mais Jessica Packwood, agora ela é Antanasia Dragomir Vladescu, líder da comunidade vampiresca ao lado de seu marido Lucius Vladescu. O problema? Ela não consegue nem fingir a autoridade que uma rainha deve transparecer nas aparições públicas, muito menos nos julgamentos.

Tudo corria às mil maravilhas, excluindo o fato de que Jess/Antanasia não conseguia nem encarar seus serviçais e lhes dar uma simples ordem sem tremer como uma folha ao vento. Até que certa manhã, Claudiu Vladescu, um dos vampiros Anciões é encontrado morto. Seu assassino deve ser julgado e condenado à destruição e para descobrirem o culpado, todos apresentam suas estacas. Ok, mas a estaca suja com o sangue de Claudiu é a de Lucius.

E agora, como Jess deve proceder? Pois se assim que chega a um julgamento, mesmo na companhia de Lucius não consegue se manter firme, como ela vai julgar o próprio marido? A partir desse momento a narrativa se desenrola, mas eu posso adiantar, que ela não flui tão bem assim.

Depois me surpreender - de forma positiva - com o primeiro livro, a única coisa que me vem na cabeça nesse momento é: o que aconteceu aqui? Não sei se é por esse livro ser mais focado no suspense do que na comédia/romance, diferente do primeiro, mas eu não consegui gostar tanto de Como salvar um vampiro apaixonado como gostei de Como se livrar de um vampiro apaixonado.

Desde o princípio eu já sabia tudo que ia acontecer. Sabia quem era o vilão da história. Até mesmo o desfecho eu consegui adivinhar. E por isso eu achava a narrativa arrastada e um tanto quanto monótona. Simplesmente não fluiu para mim.

A protagonista começa sendo frágil como uma boneca de porcelana e de uma hora para outra decide que será diferente. É um crescimento brusco, como se a autora precisasse fazer a personagem evoluir, e escolhesse um momento aleatório para mudar todas as suas atitudes.

Claro, ainda continuo gostando do Lucius e do amor incondicional dele por Jessica, e do dela por ele. É fofinho, e meloso na medida certa. O protagonista continua sendo sarcástico, ácido e muito engraçado. Além disso temos Mindy, a melhor amiga de Jess, que juntamente com Lucius, sustentou a narrativa a maior parte do tempo. Ela sim percebeu toda a trama por trás da condenação de Lucius, e para mim foi uma das melhores partes do livro.

"- Algum dia, Jessica - diz ele baixinho - você vai estar diante de mim neste mesmo quarto enquanto nos preparamos para alguma cerimônia que ambos odiamos, afinal já teremos estado em tantas outras durante os anos que passamos juntos, e você vai sorrir, levantar a mão e ajeitar minha gravata torta, como sempre faz. E um de nossos filhos, talvez nosso primeiro filho, vai puxar seu vestido exigindo nossa atenção. Então vou beijar você e me abaixar para pegá-lo, pensando: Como foi que me tornei tão feliz?"
Página 226.
O final foi previsível, mas eu gostei. Por mais que tenha achado a parte em que Jess está sem seu marido arrastada, quando as últimas páginas finalmente chegam, se mostram até bonitinhas, compensando um pouco a lentidão do resto do livro.

É inegável a previsibilidade da história de Como salvar um vampiro apaixonado, mas mesmo assim a leitura é válida se você quer saber o acontece depois que Jessica finalmente se rende ao charme de Lucius Vladescu.